Alô Alô IPHAN

A Bahia tem muito a oferecer  ao visitante. Ainda há muito a descobrir  e explorar.

Fui conhecer o projeto Maré de Março  que está sendo desenvolvido por jovens nativos da Ilha de Itaparica visando a conservação ambiental  baseada em uma nova relação entre sua comunidade e a ilha. Uma iniciativa que visa presevar o lugar, valorizar seu patrimônio,  história e cultura,  abrindo caminhos para o seu desenvolvimento sustentável  através da educação de sua gente e incremento da economia local. Genial!

De forma paralela o  Design Dialógico acontece. Uma iniciativa para  inserir  a criatividade e inovação nas localidades para fortalecer a identidade de sua gente. Tudo se baseia na Gestão Criativa de Território com o apoio do Fundo de Cultura. Muita coisa  boa por vir em forma de exposição, festivais, desfiles, rotas turísticas e  espaços de memória.

No centro de tudo a beleza da  Ilha de Itaparica que assim como o Recôncavo Baiano conserva marcas  quando da colonização do Brasil, cenário  dos primeiros assentametos indígenas, engenhos de cana de açúcar, criação de gado, atividades agrícolas, produção de cal, da pesca de baleia, invasões para a conquista da cidade de Salvador, da  vila de Maragojipe, Cachoeira , Jaguaripe e São Francisco do Conde.

Muito o que contar, muito a oferecer ao turista e muito trabalho pela frente para desenvolver, preservar  e criar a infraestrutura necessária para que o turismo  aconteça.

 Beleza , potencialidade e atrativos a Ilha de Itaparica tem de sobra. Esbanja história, personalidade de sua gente e conserva um patrimônio que precisa dos olhos atentos do IPHAN. Itaparica tem preciosidades, como a Igreja de Nosso Senhor de Vera Cruz, envolta por uma gameleira que não a deixa cair, que urge por atenção e ação do IPHAN.  Merece ser tombada!

Fonte: passaporte

0 Comentários

INSCRIÇÃO EM CURSOS

Enviando
©2017 DESIGN DIALOGICO: UMA ESTRATÉGIA PARA A GESTÃO CRIATIVA DE TERRITÓRIO
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account